terça-feira, 15 de junho de 2010

Pastor e esposa grávida são atacados em casa no Paquistão. (Do que você se queixa?)...Pastor e esposa são baleados ...


Imagine você em casa, tranquilamente sentado, ou descansando, ou dormindo ou até mesmo orando ou lendo a palavra de Deus, quando sem esperar homens invadem a sua casa, batem em você e em sua esposa grávida, simplesmente por serem cristãos.
Foi isso o que aconteceu com um casal de servos de Deus, que levam a palavra de salvação no Paquistão. Pensaram eles em desistir após o acontecido? Não. Ficaram firmes em Jesus. Não se queixaram, não murmuraram ou deixaram de Jesus. Simplesmente se portaram como cristãos. (temos o exemplo de Estevão, que ao ser apedrejado disse: Atos 7:59 E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.
60 E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu.)

Outro caso, o de um pastor e sua esposa que foram baleados no Egito. Qual o motivo? Sua crença em Jesus. Sua lealdade ao mestre, sua gratidão ao sangue de Jesus derramado. Um ataque para "entristecer o coração dos cristãos" .
Oremos e não nos queixemos.
E nós do que nos queixamos?
Da falta de uma roupa? De um sapato novo? Porque o que temos saiu da moda?
Do que realmente devemos nos queixar então?

Para refletir.
A bíblia nos diz: "De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados." (Lamentações 3 : 39)
"E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições." (II Timóteo 3 : 12)
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto." (Isaías 55 : 6)

Leia abaixo o texto.
Cristãos têm se queixado dos constantes ataques para a polícia, mas nenhuma ação foi tomada contra os agressores.
No dia 3 de junho, 14 muçulmanos atacaram um pastor, sua esposa grávida e seu irmão em Sahiwal, Paquistão.

Mumtaz Masih, pastor da Igreja Evangelho Pleno do Paquistão, e sua esposa Noreen foram atacados por muçulmanos que os acusaram de evangelismo.

O Imam Maqsood Ahmed supostamente liderou o ataque, ferindo as pernas do pastor e as mãos e barriga de sua esposa. O irmão caçula do pastor foi pego em uma emboscada quando foi buscar ajuda médica para o irmão e a cunhada.

Os cristãos têm se queixado dos constantes ataques para a polícia, mas nenhuma ação foi tomada contra os agressores.

Jonathan Racho, diretor da agência International Christian Concern, afirma: “Condenamos a violência contra o pastor Mumtaz e sua família. Os cristãos paquistaneses têm sofrido ataques por expressar sua fé em Cristo. Em nossa conversa com o pastor Mumtaz, e muitos outros cristãos perseguidos no Paquistão, eles nos falam sobre a determinação de permanecerem firmes em sua fé apesar da perseguição”.


Fonte: Missão Portas Abertas / International Christian Concern


Pastor e esposa são baleados

EGITO (20º) - Rasha Samir tinha certeza de que seu marido, Ephraim Shehata, estava morto.

Continue lendo em:

DS

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Coração igual ao teu, meu Mestre...

Ao ler, cantar e meditar na letra desta canção podemos extrair verdadeiras lições para nossas vidas.

Não quero aqui entrar na questão do grupo que a canta, nem tão pouco em sua líder e vocalista, mas sim na letra propriamente dita.

A letra nos leva a adorar a Deus em nossa igrejas, mas será que de fato estamos adorando a Ele?

Ou somente estamos abrindo nossa boca e deixando que palavras fluam de nossos lábios. Palavras ditas, mas porque as aprendemos. Onde deixamos de meditar na profundeza da mensagem que esta inserida em toda a letra.

Coração Igual ao Teu

Se Tu olhares, Senhor

Pra dentro de mim

Nada encontrarás de bom

Mas um desejo eu tenho

De ser transformado

Preciso tanto do Teu perdão

Dá-me um novo coração

Dá-me um coração igual ao Teu

Meu mestre

Dá-me um coração igual ao Teu

Coração disposto a obedecer

Cumprir todo o Teu querer

Dá-me um coração igual ao Teu

Ensina-me a amar o meu irmão

A olhar com Teus olhos, perdoar com o Teu perdão

Enche-me com Teu Espírito

Endireita os meus caminhos

Ó Deus, dá-me um novo coração

Enche-me com Teu Espírito

Endireita os meus caminhos

Ó Deus, dá-me um novo coração

Temos realmente o desejo de ser trasformado como diz a letra no início?

Quando temos desejo deixamos que o Mestre aja em nós.

O coro desta canção é a parte mais interessante, que chama a minha atenção: queremos um coração igual ao de Jesus, pelo menos é o que cantamos. Bem. Como era o coração de Jesus?

Matheus nos informa claramente: "Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas." (Mt 11 : 29); Manso e humilde de coração, esse é o coração daquele que nos salvou, nos tirou das densas trevas, e nos fez assentar entre os eleitos. "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;"

(I Pedro 2 : 9). Temos realmente um coração igual ao de Jesus? Somos gratos por ter Ele morrido em uma cruz e levado sobre si nossos pecados. Medite um pouco e veja se não estamos sendo como os fariseus, "hipócritas".

Mentindo a nós, ao próximo e a Deus.

A nós, porque nos achamos no direito de várias coisas, onde na verdade não cumprimos a metade. Queremos respeito, mas não respeitamos. Queremos amor do próximo, mas não amamos ao próximo. Queremos ser bem recebidos, mas desprezamos. Queremos receber, mas nossa mão é fechada. E assim por diante.

Ao próximo, creio que não precisa nem falar.

A Deus, quando dizemos, quero Senhor um coração igual ao teu. E o Senhor esta pronto a mudar nossa situação e fazer com que tenhamos um coração manso, humilde, bondoso, caridoso, um coração realmente de Deus. Mas pedimos somente com os lábios, porque na verdade o coração esta longe, cheio de preconceito, de orgulho, de avareza e muito mais.

Nesse tempo em que as pessoas distorcem a palavra de Deus, devemos, ou melhor, temos a obrigação de louvarmos a Deus, através de nossa adoração, nossos gestos, nosso falar, nosso proceder, nosso andar, nosso entrar e nosso sair. Devemos ser iguais a Cristo, devemos mostrar ao mundo que nos rodeia que Cristo vive em nos e que perto está a sua vinda

Para não me alongar deixo estas palavras para que meditemos nelas.

Em Cristo Jesus.

DS

Jesus...


O caminho, a verdade e a vida.

Bíblia Sagrada