terça-feira, 15 de junho de 2010

Pastor e esposa grávida são atacados em casa no Paquistão. (Do que você se queixa?)...Pastor e esposa são baleados ...


Imagine você em casa, tranquilamente sentado, ou descansando, ou dormindo ou até mesmo orando ou lendo a palavra de Deus, quando sem esperar homens invadem a sua casa, batem em você e em sua esposa grávida, simplesmente por serem cristãos.
Foi isso o que aconteceu com um casal de servos de Deus, que levam a palavra de salvação no Paquistão. Pensaram eles em desistir após o acontecido? Não. Ficaram firmes em Jesus. Não se queixaram, não murmuraram ou deixaram de Jesus. Simplesmente se portaram como cristãos. (temos o exemplo de Estevão, que ao ser apedrejado disse: Atos 7:59 E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.
60 E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu.)

Outro caso, o de um pastor e sua esposa que foram baleados no Egito. Qual o motivo? Sua crença em Jesus. Sua lealdade ao mestre, sua gratidão ao sangue de Jesus derramado. Um ataque para "entristecer o coração dos cristãos" .
Oremos e não nos queixemos.
E nós do que nos queixamos?
Da falta de uma roupa? De um sapato novo? Porque o que temos saiu da moda?
Do que realmente devemos nos queixar então?

Para refletir.
A bíblia nos diz: "De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados." (Lamentações 3 : 39)
"E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições." (II Timóteo 3 : 12)
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto." (Isaías 55 : 6)

Leia abaixo o texto.
Cristãos têm se queixado dos constantes ataques para a polícia, mas nenhuma ação foi tomada contra os agressores.
No dia 3 de junho, 14 muçulmanos atacaram um pastor, sua esposa grávida e seu irmão em Sahiwal, Paquistão.

Mumtaz Masih, pastor da Igreja Evangelho Pleno do Paquistão, e sua esposa Noreen foram atacados por muçulmanos que os acusaram de evangelismo.

O Imam Maqsood Ahmed supostamente liderou o ataque, ferindo as pernas do pastor e as mãos e barriga de sua esposa. O irmão caçula do pastor foi pego em uma emboscada quando foi buscar ajuda médica para o irmão e a cunhada.

Os cristãos têm se queixado dos constantes ataques para a polícia, mas nenhuma ação foi tomada contra os agressores.

Jonathan Racho, diretor da agência International Christian Concern, afirma: “Condenamos a violência contra o pastor Mumtaz e sua família. Os cristãos paquistaneses têm sofrido ataques por expressar sua fé em Cristo. Em nossa conversa com o pastor Mumtaz, e muitos outros cristãos perseguidos no Paquistão, eles nos falam sobre a determinação de permanecerem firmes em sua fé apesar da perseguição”.


Fonte: Missão Portas Abertas / International Christian Concern


Pastor e esposa são baleados

EGITO (20º) - Rasha Samir tinha certeza de que seu marido, Ephraim Shehata, estava morto.

Continue lendo em:

DS

Um comentário:

  1. Pertinente a matéria postada em seu blog. Os cristãos do ocidente estão acomodados, enquanto outros sofrem. Precisamos orar para que haja um despertamento espiritual, especialmente em nossa nação.

    ResponderExcluir

Jesus...


O caminho, a verdade e a vida.

Bíblia Sagrada